sexta-feira , dezembro 14 2018
Home / Cotidiano / Aeronave que transportaria cantora Cláudia Leitte é interditada pela ANAC

Aeronave que transportaria cantora Cláudia Leitte é interditada pela ANAC

Uma aeronave foi interditada na tarde desta quarta-feira, 17, após denúncias anônimas sobre prestação de serviço de táxi-aéreo irregular, também chamado de Transporte aéreo clandestino (TACA). O flagrante foi registrado po volta das 16h pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) no aeroporto de Salvador. A aeronave tinha como destino o aeroporto de Congonhas (SP).

Segundo o órgão, entre os passageiros estava a cantora Cláudia Leitte. A ação foi efetivada como parte da campanha intitulada “Voe seguro, não use táxi-aéreo clandestino”.

A assessoria da cantora afirma que a agenda de shows da mesma segue normalmente e também declara que a artista não tem nenhuma ligação com a empresa de táxi-aéreo.

Durante a fiscalização, os agentes confirmaram que a empresa identificada como Agropecuária Letícia Ltda, assim como a aeronave não possuíam autorização para prestar serviços de táxi-aereo devido ao fato de não garantirem as condições necessárias de segurança deste tipo de operação.

Os pilotos e o operador da aeronave serão multados e perderão suas licenças e certificados cassados. A ANAC informará o caso ao Ministério Público e à Polícia para que medidas, além do processo administrativo, sejam tomadas.