quinta-feira , agosto 17 2017
Home / Destaque / Bahia goleia Atlético-PR por 6×2 na estreia e lidera o Brasileirão

Bahia goleia Atlético-PR por 6×2 na estreia e lidera o Brasileirão

Um primeiro tempo alucinante e uma eficiência ainda não vista na temporada. O Bahia chegou a estar perdendo por duas vezes para o Atlético Paranaense, mas mostrou força e qualidade para reagir e aplicar uma goleada por 6×2 na volta à Série A. Tiago, Zé Rafael, Régis duas vezes, Edigar Junio e Edson foram os autores dos gols tricolores na Fonte Nova, neste domingo (14). Guilherme e Marcão descontaram para o Furacão.

Quando o jogo começou, parecia que o Bahia ia esbarrar na sua deficiência mais evidente nas últimas partidas: a finalização. Nos dez primeiros minutos, o tricolor apresentou um bom volume, com intensidade, mas não conseguiu chegar ao gol. O castigo veio aos 14, quando, em bom contra-ataque, Sidcley serviu o estreante Guilherme, que chutou rasteiro com categoria e abriu o placar na Fonte.

O empate do Bahia só saiu aos 33 minutos, quando Juninho bateu escanteio e Tiago cabeceou no primeiro pau. A reação, no entanto, foi freada pelo adversário. Quatro minutos depois, Guilherme cobrou falta, Marcão parou em Jean na primeira tentativa, mas mandou para o fundo das redes no rebote, colocando o Atlético na frente novamente.

De repente, toda aquela dificuldade do time de Guto Ferreira em definir as jogadas desapareceu. Aos 39, Zé Rafael fez jogada individual deixando Cleberson no chão, foi bloqueado no primeiro chute, mas conseguiu pegar a sobra e mandar de cobertura: 2×2.

Em ritmo alucinante, o Bahia chegou à virada dois minutos depois. Allione encontrou Régis na entrada da área e o camisa 20 colocou de pé-esquerdo, com categoria, no canto direito de Weverton para fazer 3×2. E não parou por aí. Aos 43, Edigar Junio partiu em velocidade e chutou forte, cruzado, e ampliou.

Não perca as contas. Antes das equipes irem para o intervalo ainda deu tempo do Bahia fazer mais um, e foi outra pintura de Régis. O destaque tricolor recebeu passe de Zé Rafael, colocou na frente e, com um toque sutil, encobriu Weverton, fazendo Bahia 5×2.

O ritmo da partida naturalmente diminuiu na segunda etapa. Logo aos 9 minutos, Régis sentiu a coxa e pediu para ser substituído. Diego Rosa entrou no seu lugar. Depois foi a vez de Zé Rafael ser substituído por Gustavo.

O “sangue novo” no ataque deu o fôlego que o time precisava para voltar a tomar as rédeas do jogo. Aos 26 minutos, Eduardo encontrou Allione na direita, o argentino fez o cruzamento rasteiro, Diego Rosa não dominou, mas Edson chutou forte de pé esquerdo e fez o sexto.

As coisas ficaram ainda melhores para o tricolor quando o zagueiro do time paranaense, Marcão, cometeu falta em Diego Rosa, recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso. Guto ainda colocou Maikon Leite no lugar de Edigar Junio, que saiu cansado. Por pouco Maikon Leite não deixou o dele no finalzinho, mas Zé Ivaldo salvou em cima da linha.

Aos exatos 45 minutos, o árbitro assinalou o fim do jogo. O próximo compromisso tricolor é contra o Sport, quarta-feira (17), no primeiro jogo da final da Copa do Nordeste, às 21h45, na Ilha do Retiro, no Recife. Pela Série A, o próximo confronto é domingo que vem (21), contra o Vasco, no Rio de Janeiro, às 11h.

Fonte: Correio24hs