sexta-feira , março 22 2019
Home / Destaque / Bahia perde em casa para o lanterna, irrita a torcida e aumenta a pressão

Bahia perde em casa para o lanterna, irrita a torcida e aumenta a pressão

O pior cenário possível. Esse foi o saldo para o Bahia após a derrota na noite desta quarta-feira, 13, em plena Arena Fonte Nova e com o time titular, para o Sergipe, por 1 a 0, pela 6ª rodada da primeira fase da Copa do Nordeste. O gol da equipe sergipana, que havia perdido as outras cinco partidas na competição, foi marcado por Júnior Batata, no segundo tempo, em lance aplaudido, pela torcida do Esquadrão, que vaiou e criticou o time e o técnico Enderson Moreira durante quase toda a partida.

A derrota deixa o clima ainda pior para a próxima partida do Esquadrão, já neste domingo, quando o time enfrenta fora o Jequié, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Baiano. Em quinto lugar na tabela, o Tricolor vai precisar de uma combinação de resultados para avançar às semifinais do estadual.

Pelo torneio regional, o Bahia só volta a jogar no dia 24 de março (domingo), contra o Salgueiro, na Arena Fonte Nova.

O jogo

A primeira chegada de perigo do Bahia no jogo foi logo aos quatro minutos. Douglas Augusto fez um belo lançamento para Gilberto, que dominou bem e chutou rasteiro, passando perto da trave do goleiro.

A formação ofensiva escalada por Enderson, aliada ao fraco desempenho do Sergipe no Nordestão, traçava um cenário de pressão do Tricolor baiano desde o início. Mas não foi o que se viu em campo.

O Bahia não conseguia criar e dominar o jogo, tanto que o Sergipe, aos poucos, começou até a se arriscar no ataque.  Entretanto, foi aí que o Esquadrão teve espaço e quase marca aos 20 minutos, em lance de contra-ataque. Artur recebeu passe na entrada e chutou cruzado, com efeito, acertando a trave do goleiro Erivelton.

Com pouca vibração em campo, o Bahia parecia acomodado, mesmo com o empate e as vaias da torcida. O tricolor saiu do marasmo e criou algum perigo aos 31 minutos. Flávio cruzou na área e a defesa cortou. Na sobra, Shaylon ajeitou para Arthur Caíke, que chutou forte para gol, mas um defensor do Sergipe desviou a bola para fora.

A outra boa jogada do Esquadrão na primeira etapa veio aos 41 minutos. Artur chutou cruzado na área, mas Arthur Caíke chegou atrasado e não conseguiu desviar para o gol.

O Sergipe, que veio com uma proposta defensiva, foi acreditando que era possível chegar ao ataque, como em um lance aos 45 minutos, quando Leandro Love chutou da entrada da área, mas acabou bloqueado pela defesa tricolor.

Ao fim da etapa inicial, uma sonora vaia da torcida tricolor, impaciente com o fraco futebol apresentado até então.