domingo , julho 22 2018
Home / Cultura e Artes / Blocos afro e projetos de verão agitam a temporada no Pelô

Blocos afro e projetos de verão agitam a temporada no Pelô

Cortejo Afro, Muzenza, Gerônimo e Viola de Doze são algumas das atrações

Após a recente requalificação dos largos Pedro Archanjo, Tereza Batista e Quincas Berro D’Água, o Pelô da Bahia está preparado para o verão de Salvador com uma programação artística diversa. Ensaios pré-carnaval, ritmos para todas as tribos e eventos culturais de variados gêneros dinamizam o Centro Histórico e o destacam como um dos principais pontos para se curtir a estação na capital baiana.

“No Pelourinho acontece o verão da diversidade. É dos blocos afro, do samba, do reggae, é de cada estilo representado por artistas dos mais diversos portes, desde os novos, que estão construindo a sua trajetória, aos já consagrados nacionalmente. Queremos que cada vez mais produtores e artistas ocupem estes espaços e estamos abertos a recebê-los”, declara a Secretária de Cultura da Bahia, Arany Santana, convidando a classe artística a participar da programação dos largos. A secretária destaca também o perfil dos frequentadores do Centro Histórico. “O Pelô tem um público diferenciado, que participa, se diverte e se envolve, sempre com muita paz. Não tenho dúvidas de que nessa temporada não será diferente, e nossos visitantes do mundo inteiro terão motivos para querer voltar a cada show”, conclui.

Os blocos afro se preparam para o Carnaval 2018, antes da folia, demonstram nos ensaios uma parte da força, beleza e musicalidade que irão levar para a avenida.

O Cortejo Afro já iniciou temporada, dando motivos para as segundas-feiras se tornarem motivo de festa. São nestas noites que o bloco realiza os seus ensaios, nos últimos anos o projeto vem se firmando como um dos principais atrativos da agenda cultural da estação. Agitando o público com o som de suas composições, mescladas a releituras de clássicos da MPB, do pop e da batida percussiva, além de promover experiências estéticas que unem dança, música e artes visuais, cada espetáculo do Cortejo traz convidados especiais. Já participaram do primeiro dia os músicos Márcio Victor e Jau. Para o segundo ensaio da temporada, no dia 18 de dezembro, às 20h, está confirmada a participação da banda É O Tchan. Os ingressos dos ensaios do Cortejo Afro, no Largo Pedro Archanjo, custam R$ 40 e R$ 20.

Diretamente do bairro de Itapuã para o Pelourinho, o bloco afro Malê Debalê já tem datas reservadas para as duas últimas sextas-feiras de 2017, dias 22 e 29 de dezembro, e retornando em 19 de janeiro. O bloco se dedica a valorizar a cultura negra através de expressões artísticas como a música e a dança. Sempre às 20h e com entrada gratuita.

O bloco afro pioneiro Ilê Aiyê realizou o primeiro ensaio de verão no dia 08 de dezembro. O mais belo dos belos retorna para mais uma apresentação no Largo Tereza Batista, dia 05 de janeiro, com ingressos a R$ 40 e R$ 20. Com o objetivo de ajudar a manter os projetos sociais do bloco, a festa é agitada pela Band’Aiyê e convidados.

No último domingo, 10 de dezembro, o Olodum iniciou a temporada de verão, no Largo Tereza Batista, apresentando o seu tema no Carnaval 2018, “Deusas das Águas, Oceanos, Rios e Lagos”. Já as famosas terças do bloco, que atraem baianos e turistas de todos os cantos, retornam na primeira semana de 2018, fazendo a terra tremer ao som dos tambores mais conhecidos do mundo. Os shows estão previstos nos dias 02, 16 e 30 de janeiro, às 20h, com ingressos a R$ 70. Também acontece um ensaio no dia 21 de janeiro, domingo, às 14h, com ingressos a R$ 50. Artistas de renome são convidados para cada edição deste que é considerado o mais tradicional evento de verão na cultura afro baiana.

O reggae jamaicano fundido com a batida percussiva e elementos do suingue baiano explodem no som do Muzenza. Os ensaios do bloco afro estão chegando, todas as quartas-feiras de janeiro no Largo Pedro Archanjo, sempre às 20h.

Especiais de Verão – Além dos ensaios dos blocos afro, os palcos do Pelourinho também são ocupados por artistas e shows de diferentes gêneros musicais, trazendo também projetos que terão continuidade durante todo o verão. O cantor Gerônimo Santana, um dos principais nomes da Axé music baiana, já iniciou a temporada do projeto “O Pagador de Promessa”. Com ingressos a R$ 30 e R$ 15, cada edição traz convidados, que recebem homenagens no palco do Largo Pedro Archanjo. No repertório, não faltam sucessos do anfitrião da festa, como Eu sou Negão, Jubiabá e É D’Oxum. As apresentações têm início às 20h, todas as terças.

Na próxima sexta-feira, 15 de dezembro, é dia de estreia com a Viola de Doze. A banda comandará o projeto SamPelô Prime, no Largo Quincas Berro D’Água, todas as sextas do verão, a partir das 19h.  A proposta é simples: levar muita música e animação para o público do Centro Histórico, conhecido palco do samba em Salvador. Os ingressos custam R$ 20 e R$ 10 e podem ser adquiridos no local. O evento assume cunho social com renda da bilheteria revertida para o projeto Violinha da Boa, com sede no bairro do Pau Miúdo.

A programação dos largos do Pelourinho tem apoio da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), por meio do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) e o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), através da cessão gratuita de pauta. A programação é sujeita a alterações, de responsabilidade das respectivas produções dos eventos. Mais informações estarão disponíveis no site www.cultura.ba.gov.br.