sábado , julho 21 2018
Home / Destaque / Brasil vence Alemanha em último amistoso antes da convocação

Brasil vence Alemanha em último amistoso antes da convocação

O fantasma do 7×1 continua entre nós, mas sofreu um baque importante nesta terça-feira (27). Quase quatro anos depois daquela terrível semifinal de Copa do Mundo, o Brasil venceu a Alemanha por 1×0 em Berlim. Resta saber o que essa vitória significa.

No último amistoso das duas seleções antes da convocação para o Mundial na Rússia, a Alemanha usou time reserva contra o Brasil. Do time considerado titular, apenas quatro começaram o jogo: Kimmich, Boateng, Kroos e Draxler.

Já a Seleção Brasileira usou o melhor que tinha – exceto Neymar, machucado, é claro. O técnico Tite também mexeu pouco na equipe, deixando claro que, para ele, vivia o teste decisivo antes da Copa do Mundo.

O saldo final é que, apesar desses detalhes, o Brasil jogou muito bem. Principalmente o setor defensivo, que resistiu às investidas de todo tipo da seleção treinada por Joachim Low: na pressão no início da partida e principalmente na jogada aérea nos minutos finais do amistoso.

Do outro lado do campo, o Brasil mostrou uma eficiência animadora. Se chegou pouco ao gol de Trapp, principalmente na etapa final, soube aproveitar o seu melhor momento na partida para fazer o gol da vitória.

Aos 37 minutos do 1º tempo, Fernandinho pressionou a saída de bola da Alemanha, passou para Willian na direita, que cruzou na cabeça de Gabriel Jesus. O centroavante cabeceou forte, no peito de Trapp, que não conseguiu evitar o gol.

Com o triunfo, o Brasil de Tite chega a oito jogos sem perder, entre a reta final das Eliminatórias e três amistosos. A última e única derrota do técnico foi para a Argentina, em junho do ano passado, em amistoso na Austrália.

Já a Alemanha teve a queda de uma longa invencibilidade. Eram 22 jogos sem perder. A última derrota havia sido em julho de 2016, para a França, por 2×0, pela semifinal da Eurocopa.

Restam dois testes para Tite antes do Mundial. No dia 3 de junho, enfrenta a Croácia, que vai para a Rússia, em Londres. Depois, no dia 10, enfrenta a Áustria, não classificada, em Viena. Os amistosos já serão com os jogadores convocados pelo técnico para a Copa.