sexta-feira , outubro 20 2017
Home / Cidade / Campanha de combate ao Aedes com uso da interatividade chega a Feira de Santana

Campanha de combate ao Aedes com uso da interatividade chega a Feira de Santana

A caravana da campanha estadual de combate ao mosquito Aedes aegypti será levada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) ao município de Feira de Santana, a partir da próxima segunda-feira (5). São dois caminhões equipados para a realização de cinema ao ar livre, oferecer óculos de realidade virtual, microscópio e outras atividades, mostrando a história do Aedes aegypti, a forma como foi disseminado pelo mundo e as estratégias de combate ao mosquito, que é vetor de doenças como Dengue, Zika e Chikungunya.

Os caminhões ficarão estacionados por três dias no Instituto de Educação Gastão Guimarães, no centro da cidade. Um dos diferenciais da campanha é o uso da tecnologia para apresentar o problema e demonstrar as formas de eliminar os criadouros. Além da ação, que será mostrada aos estudantes na escola, a estratégia de combate está usando redes sociais, como o Instagram, Facebook e Youtube, para ampliar o alcance da campanha e engajar públicos diversos. A campanha é desenvolvida pelas secretarias estaduais da Saúde (Sesab), Educação e Comunicação (Secom).

Principais sintomas

As três doenças são adquiridas por meio da picada do mosquito Aedes aegypti, mais conhecido como mosquito da dengue, ou o Aedes albopictus. A única forma de evitar as três doenças é com o combate do mosquito, via eliminação dos criadouros do mosquito nas casas, no trabalho e nas áreas públicas. Uma tarefa de todos.

A Dengue e a Chikungunya têm sintomas e sinais parecidos, enquanto a Dengue se destaca pelas dores nos corpo. A Chikungunya se destaca por dores e inchaço nas articulações e a Zika por uma febre mais baixa (ou ausência de febre), muitas manchas na pele e coceira no corpo.

Dengue – O primeiro sintoma da doença é a febre alta, entre 39° e 40°C. Tem início repentino e geralmente dura de dois a sete dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira no corpo. Pode haver perda de peso, náuseas e vômitos.

Chikungunya: Apresenta sintomas como febre alta, dor muscular e nas articulações, dor de cabeça e exantema (erupção na pele). Os sinais costumam durar de três a dez dias.

Zika: Tem como principal sintoma o exantema (erupção na pele) com coceira, febre baixa (ou ausência de febre), olhos vermelhos sem secreção ou coceira, dor nas articulações, dor nos músculos e dor de cabeça. Normalmente os sintomas desaparecem após três a sete dias.

Os sintomas podem ser parecidos, mas o tratamento é diferente para cada doença. Por isso, a Sesab recomenda ao cidadão comparecer ao posto de saúde se estiver com esses sintomas e evitar a automedicação.