domingo , maio 27 2018
Home / Destaque / Debate com alunos de escola pública promove valorização das mulheres no mercado de trabalho

Debate com alunos de escola pública promove valorização das mulheres no mercado de trabalho

“Temos que banir o machismo, o racismo e a desvalorização da mulher no mercado de trabalho, unindo forças, sempre no coletivo para que as conquistas sejam efetivas e duradouras”. A afirmação foi da secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado, Luiza Maia, na manhã desta terça, 15, durante um debate promovido no Colégio Estadual Ruth Cardoso, em Nova Sussuarana. Para Maia, o respeito aos direitos da mulher pode ser um vetor de desenvolvimento sócio-econômico.

Ainda que sejam mais escolarizadas, as mulheres possuem o rendimento médio equivalente a cerca de ¾ dos homens. Além disso, no Brasil, 62,2% dos cargos gerenciais (públicos ou privados) são ocupados por homens enquanto que apenas 37,8% pelas mulheres.  Em 2016, enquanto o rendimento médio mensal dos homens era de R$ 2.306, o das mulheres era de R$ 1.764, de acordo com dados do IBGE.

Com o objetivo de educar para transformar, cerca de 60 alunos da rede estadual debateram temas sobre a violência doméstica, a Lei Antibaixaria, a igualdade de gênero e raça e a valorização da mulher, sobretudo, no mercado de trabalho.

  “Vejo que existe uma dificuldade muito grande para romper as barreiras no mercado entre homens e mulheres. Sei que será difícil, mas estou disposta a enfrentar os desafios”, disse a aluna Stephany Karolyne, 14 anos, que sonha em ser jornalista.

Dentre as palestrantes estavam Mônica Kalile, superintendente municipal de Políticas para Mulheres, e a jornalista Georgina Maynart.