sexta-feira , setembro 21 2018
Home / Destaque / Dono de imóvel onde PF apreendeu R$ 51 milhões será ouvido nesta segunda

Dono de imóvel onde PF apreendeu R$ 51 milhões será ouvido nesta segunda

O empresário Sílvio Antônio Cabral da Silveira, dono do apartamento onde a Polícia Federal apreendeu os R$ 51 milhões atribuídos ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, em setembro do ano passado, vai ser ouvido na segunda-feira (3).

O depoimento será às 14h30, na sede da Seção Judiciária do Estado da Bahia. Na ocasião, também devem ouvidas como testemunhas de acusação Marinalva de Teixeira Jesus, funcionária do deputado Lúcio Vieira Lima (MDB), irmão de Geddel, e Patrícia Santos Queiroz, síndica do prédio onde o apartamento é localizado, no bairro da Graça, em Salvador.

Além das malas com o dinheiro, a PF encontrou no apartamento uma fatura em nome de Marinalva.

Já na terça-feira (4), às 10h, serão ouvidas testemunhas de defesa de Geddel, oferecidas pelos advogados do ex-ministro. Devem comparecer à Seção Judiciária Milene Pena Miranda Santana, Roberto Suzarte dos Santos, Joelza Brandão, Nilton Silva Filho, Cláudio Augusto Oliveira Porciúncula,  Ricardo Saback Erudilho Guimarães, Leandro Saboia Laudano Santos,
Roberto Moreira Borges Domingues, Antônio Almir Santana Melo Jr, Aloysio Ramos Senna e Raimundo Souza Costa.

O primeiro ouvido na ação penal foi o doleiro Lúcio Funaro, no último dia 30. O delator afirmou que pagou ao menos R$ 20 milhões a Geddel em espécie.  As entregas teriam acontecido entre 2012 e 2015, nas cidades de São Paulo e Salvador.