terça-feira , novembro 20 2018
Home / Destaque / Estudante da rede municipal premiado na Olimpíada Brasileira de Matemática

Estudante da rede municipal premiado na Olimpíada Brasileira de Matemática

O estudante feirense Fábio Fernandes dos Santos, de 13 anos, de 7º ano do Centro de Educação Básica da UEFS (CEB), recebeu a medalha de bronze por sua participação na 13ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) de 2017. Alunos de várias escolas da Rede Municipal receberam menção honrosa. A solenidade de entrega dos prêmios foi na tarde de segunda-feira, 27.

O jovem pretende se tornar programador de computação. Na microrregião de Feira de Santana, o número de alunos destacados, com premiação ou menção honrosa, no ano passado, foi 140.

Fábio Fernandes dos Santos conta que, para ele, a matemática é uma das disciplinas mais simples. “Até agora, tenho me dado bem”, afirma o estudante que também se classificou para a segunda fase da edição de 2018 da Olimpíada.

Mais seis estudantes premiados

Além de Fábio, mais seis estudantes de Feira de Santana, dentre públicas e privadas, receberam medalhas na solenidade de premiação regional da 13ª Olimpíada, que aconteceu no auditório da Universidade Estadual de Feira de Santana, UEFS.

Os demais estudantes premiados são das escolas Centro de Educação Básica, Colégio da Polícia Militar Diva Portela, Colégio Estadual Juiz Jorge Faria Góes, Colégio Estadual Teotônio Vilela, Colégio Estadual Reitor Edgard dos Santos e Colégio Nobre. Ao todo, 19 alunos de escolas da microrregião de Feira de Santana também foram reconhecidos com medalhas de ouro, prata ou bronze.

Escolas da Rede Municipal

De Feira, outros 42 alunos ganharam a menção honrosa por participação destacada, dentre os quais, nove alunos do CEB; dois da Escola Chico Mendes; um da Escola Antônio Alves Oliveira; e um do Centro de Educação Monteiro Lobato, todas da Rede Municipal.

Eles receberam o certificado das mãos da professora Rosemeire Oliveira, chefe da Divisão de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação, que representou a secretária de Educação, Jayana Ribeiro, na solenidade. Já na microrregião, 79 estudantes contaram com menção honrosa.

Festival de Matemática 

A professora Erika Medeiros, diretora do CEB, conta que a unidade de ensino já desenvolve projetos dentro do âmbito da disciplina com os alunos, como o Festival de Matemática. “O desempenho de Fábio nas duas Olimpíadas é também uma consequência do nosso trabalho. Então é uma honra para nós vê-lo receber este prêmio”, declara a diretora. O Centro recebeu um kit didático, fornecido pela Olimpíada.

Objetivo é encontrar talentos

A professora Arly Carvalho de Oliveira, coordenadora regional da OBMEP falou sobre o impacto positivo que a Olimpíada tem na vida de muitos estudantes. “O número de alunos e cidades participantes cresceu nesses 13 anos. Há alunos do interior que foram descobertos graças à OBMEP, portanto, encontrar talentos é um objetivo que tem sido cumprido”, avalia.