domingo , agosto 20 2017
Home / Destaque / Ex-empresário de Cristiano Araújo é morto a tiros no Rio de Janeiro

Ex-empresário de Cristiano Araújo é morto a tiros no Rio de Janeiro

O ex-empresário do sertanejo Cristiano Araújo, D’Stefany Vaquero Lima, 32 anos, morreu depois de ser baleado na madrugada desta quarta-feira (24), em Mangaratiba, no Rio de Janeiro. Ele era conhecido como Didi Latino e, segundo a Polícia Militar do Rio, foi encontrado por agentes baleado às margens da rodovia Rio-Santos.

Segundo o jornal Extra, Didi foi encontrado pouco depois da meia-noite por policiais militares do 33º BPM e levado para Hospital Municipal Victor de Souza Breves. Ele estava com as roupas cobertas de sangue. Ainda segundo a publicação, o empresário falava coisas sem nexo e não soube explicar o que havia acontecido. Ele teria levado quatro tiros.

De acordo com o Correio, Didi Latino foi produtor de Cristiano Araújo, morto num acidente de carro em junho de 2015. Ele também foi empresário da dupla sertaneja Humberto e Ronaldo.