sábado , dezembro 16 2017
Home / Destaque / Flu de Feira autorizado a elaborar minuta para parceria com São Paulo

Flu de Feira autorizado a elaborar minuta para parceria com São Paulo

A parceria entre Fluminense de Feira e São Paulo pode ser oficializada em breve. Os entendimentos entre as diretorias dos dois clubes avançaram nos últimos dias, principalmente com a ida do diretor de futebol do Fluminense, José Francisco Pinto, o Zé Chico, a São Paulo onde tratou pessoalmente da questão com o presidente do clubes paulista, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. O próximo passo é elaborar uma minuta que irá celebrar de uma vez por todas a parceria entre as agremiações.
Zé Chico esteve nos últimos dias em São Paulo, onde sequenciou uma série de conversas iniciadas pelo ex-jogador Jorge Wagner, que defendeu o Touro do Sertão no Campeonato Baiano e durante muito tempo foi ídolo no tricolor paulista. A passagem dele pelo tricolor feirense abriu portas para as conversações agilizando a possibilidade de uma parceria com o São Paulo. “Sempre defendi que uma das vertentes para o crescimento do Fluminense era justamente se associar a um grande clube do Brasil e o São Paulo é quem está mais próximo porque há um bom tempo já tínhamos conversado com o seu diretor financeiro que tem negócios aqui em Feira. Mas o fato do Jorge Wagner ter jogado aqui referendou ainda mais o Fluminense e agora nós partimos com tudo para concretizar este pleito”, ressaltou Zé Chico.
De acordo com Zé Chico, inicialmente foi uma visita de cortesia feita ao clube paulista. “Nós formos lá conhecer a estrutura do São Paulo, que é fantástica, uma das melhores do mundo e logicamente, depois que o Jorge Wagner esteve conversando com o presidente Leco, nós mostramos um pouco do clube: a história, a torcida, a pujança de Feira de Santana em termos econômicos e futebolísticos, já que temos um ‘celeiro’ de jogadores e de repente, quem sabe, não firmamos um intercâmbio que será bom para os dois clubes”, disse Zé Chico.
De acordo com o dirigente a ideia é estabelecer uma base de formação de jogadores que teria como seu coordenador, Jorge Wagner, contando com o apoio do São Paulo. “O que queremos é agregar jogadores das diversas escolinhas de futebol de Feira e região que querem vencer através do esporte. A seleção pode ser feita através de ‘peneiras’ ou outra situação que discutiremos posteriormente e os atletas que forem se destacando terão a preferência do São Paulo para se vincularem”, explicou Zé Chico. “O retorno tanto para o Fluminense como para o São Paulo e o coordenador do projeto será em termos de valores percentuais em possíveis negociações”, complementou.
Das conversas, o dirigente do Fluminense obteve a autorização para a elaboração de uma minuta de contrato, situação que deverá acontecer de forma breve. “Na conversa que tivemos com o presidente do São Paulo, Leco, fomos autorizados a elaborar uma minuta de contrato, que posteriormente será enviada para ele que por sua vez acionará seu conselho consultivo que dará ou não o aval para esta parceria. Da nossa parte, nos reuniremos com Jorge Wagner e demais dirigentes para que juntos elaboremos este documento e assim concretizemos esta situação que será importante para a história do Fluminense e principalmente para o seu futuro”, observou Zé Chico.