quinta-feira , junho 22 2017
Home / Destaque / Gestores municipais aprovam o Mutirão de Cirurgias

Gestores municipais aprovam o Mutirão de Cirurgias

Cada cirurgia dessa custa, em média, R$ 5 mil. Imagine um município pequeno, como o nosso Lajedão, ter que pagar para os 55 pacientes que trouxemos aqui hoje?”. A afirmação é da secretária municipal de Saúde, Wilvania Viana de Souza, ao ressaltar a importância do Mutirão de Cirurgias que o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesab), realizou no final de semana (13 e 14), em Medeiros Neto, no sul da Bahia, atendendo também à população de Vereda, Ibirapuã e Itanhaém.

A iniciativa está sendo reconhecida pelos gestores municipais que veem no projeto uma oportunidade de diminuírem o tempo de espera dos seus pacientes, como explicou a prefeita de Medeiros Neto, Jadna Paiva Silva. “Ao assumirmos a prefeitura conseguimos fazer 20 cirurgias dessas, porém, ainda temos mais de 50 pessoas na fila, que demandaria tempo para conseguirmos atendê-las, se não fosse o mutirão”.

Ela ainda acrescentou que os municípios vizinhos também “são atendidos aqui em nosso hospital e os valores repassados por eles não são suficientes para cobrir os custos”. O secretário da Saúde de Medeiros Neto, Alex Serapião da Silva, fez um balanço positivo da ação no município, ressaltando que a parceria com o Governo do Estado atendeu às expectativas da região.

No domingo, durante o atendimento, a equipe do mutirão homenageou as mães presentes pelo dia dedicado à elas. Quem esteve na unidade móvel curtiu música ao vivo e recebeu flores e bombons em reconhecimento à sua importância e dedicação, a exemplo da secretária de Saúde de Ibirapuã, Andreia Carmona da Silva. Ele acompanhou 70 pessoas do município, levando seu filho de 11 meses, que ainda mama no peito. “Não poderíamos perder essa oportunidade, pois não temos como ofertar esses procedimentos por conta dos poucos recursos”.

Dona Maria Alves de Souza, 75 anos, saiu de Itanhaém acompanhando sua filha de 46 anos, que é especial, e há mais de seis anos esperava uma oportunidade para fazer a cirurgia de vesícula. “Graças a Deus, o governador mandou esse atendimento para nós, pois já tentamos em Vitória (ES), mas não conseguimos”. Outra mãe e profissional de saúde que destacou a importância da ação foi Jorgina Ribeiro Brandão, 48 . “Trabalho como agente comunitário de saúde há 18 anos e nunca fiz um eletro [exame Eletrocardiograma). Só tive essa oportunidade hoje, através do mutirão

Em Teixeira de Freitas

O município de Teixeira de Freitas (extremo sul) será o próximo a receber a equipe do mutirão. De terça a quinta-feira (16 18) atenderá na unidade móvel estacionada no pátio do Shopping Mix, na Avenida São Paulo, das 7 às 17h. Para ser atendido, o paciente já deve ter a indicação médica para a cirurgia e feito o cadastro na Secretaria de Saúde do município de residência. Caso não tenha realizado, mas tenha exames laboratoriais indicando a necessidade de realizar uma das cirurgias oferecidas (histerectomia, hérnia e vesícula), deve comparecer ao local das consultas pré-operatórias, com os documentos exigidos, incluindo os exames já realizados. Pacientes que farão procedimento de vesícula necessitam estar em jejum para a realização do exame de ultrassonografia (USG). Os que farão histerectomia, precisam levar exame preventivo.