segunda-feira , novembro 20 2017
Home / Cotidiano / José Ronaldo participa das comemorações do Dia da Indústria

José Ronaldo participa das comemorações do Dia da Indústria

Atendendo a convite da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), o prefeito José Ronaldo de Carvalho, acompanhado do secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, participou da comemoração do Dia da Indústria, transcorrido na noite dessa quinta-feira, 25, na sede da entidade classista, em Salvador.

Recebido por diretores da Fieb, José Ronaldo foi conduzido a uma palestra proferida por José Luciano Mattos Dias, mestre e doutor em Ciência Política pelo Instituto Universitário de Pesquisa do Rio de Janeiro.

Mediado pelo presidente da Fieb, Ricardo Alban, o evento  foi dirigido a uma plateia restrita de lideranças do setor industrial, tendo como foco a crise econômica que afeta os vários segmentos da produção do país, com reflexos e projeções na conjuntura politica/eleitoral para 2018.

O que é que a Bahia tem…

Já no saguão da entidade, foi inaugurado o Espaço da Indústria, concebido para evidenciar a indústria baiana, sua história e contribuição para o desenvolvimento socioeconômico do Estado, bem como a participação da Fieb e dos sindicatos empresariais neste processo, por meio de ações e estímulos ao crescimento e à competitividade do setor.

No local foram instalados totens multimídia de alto atendimento, onde estão disponibilizados acessos de fatos marcantes da industrialização, abrangendo quase 200 anos de história, além de informações institucionais e dados estatísticos dos segmentos que compõe a indústria da Bahia.

Na oportunidade foi lançado o livro “Indústria da Bahia, Um Olhar Sobre Sua História”, de Daniel Rebouças, e a Agenda Legislativa.

O evento contou com as presenças dos deputados Luiz Augusto, vice-presidente da Assembleia Legislativa, Sandro Régis, representante da Frente Parlamentar da Indústria; Jaques Wagner, ex-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, além de presidentes de sindicatos, conselheiros e diretores da Fieb.