sexta-feira , novembro 17 2017
Home / Destaque / Noite das “santinhas”, sofrência e muito reggae

Noite das “santinhas”, sofrência e muito reggae

Toda a sofrência na veia romântica de Pablo contrapondo com o reggae de Edson Gomes e de Monte Zion tornaram a noite de sábado, 20, definitivamente ímpar durante a Micareta 2017. Com públicos distintos, os shows arrastaram multidões ao cortarem o circuito Maneca Ferreira, na avenida Presidente Dutra, sendo sempre seguidos por inúmeras “santinhas” do La Vem Elas, notáveis pelas asinhas simbolizando o desejo de paz.

Além de outras atrações valorizando artistas da terra, a noite começou com a sofrência que vem conquistando os baianos, na voz inconfundível de Pablo, que desde que iniciou sua carreira vem marcando presença em Feira de Santana. E no repertório muita música romântica do novo álbum “Um Novo Passo”, com destaque para “Desapeguei”, “Porque todo homem não chora”, “Fala a verdade pra ele”, “Bilu Bilu”, “Chora não bebê”, “Filmes e histórias”, “Desculpe aí”, “Nível de carência” e muitas outras.

Depois foi a vez de Monte Zian dá o clima da mudança de ritmo para o reggae que veio com toda a força sacudindo o circuito e puxando uma grande legião de fãs seguidores de Edson Gomes. Oportunidade imperdível para ouvir músicas como “Apocalypse”, “Ira”, “Perdido de amor”, “O país culpado”, “Etiópia” e muitas outras que remetem a reflexão em meio a protestos.

Durante a noite ainda teve apresentações da Banda Eva, uma das bandas de axés das mais queridas da Bahia, que veio com o clássico Eva, além de outras canções que marcaram época como “Beleza Rara”, “De Ladinho”, “Levada Louca” e muitas outras.