quinta-feira , agosto 16 2018
Home / Destaque / Ouvidoria do Planserv fecha balanço trimestral com resultados positivos

Ouvidoria do Planserv fecha balanço trimestral com resultados positivos

A Ouvidoria do Planserv recebeu cerca de 4.200 registros no primeiro trimestre deste ano, entre solicitações de informação, reclamações, denúncias, sugestões e elogios. Com resolubilidade positiva, 82,19% das manifestações foram respondidas e encerradas até o último dia de março. Quase 87% dos registros chegaram através das Centrais de Relacionamento do Planserv e da Ouvidoria Geral do Estado (OGE).

De acordo com a Coordenadora de Relacionamento com Beneficiários do Planserv, AndressaSchettini, muitos beneficiários já estão familiarizados com o sistema TAG, que pode ser acessado por qualquer servidor através da aba ‘Fale Conosco’ do site do Planserv (www.planserv.ba.gov.br), pelo site da OGE (www.ouvidoria.ba.gov.br) ou pelo aplicativo do plano, que pode ser baixado na loja virtualGoogle Play, para telefones com sistema Android, e App Store, para quem utiliza iPhones.

Para fazer um registro no TAG, basta preencher as informações solicitadas nas telas do sistema. “É muito importante que o beneficiário guarde o número do registro e a senha para consultar o andamento e a resposta final para a sua demanda”, destaca Andressa.

Segundo a Coordenadora, a ouvidoria é um setor estratégico que mostra tanto as áreas em que a satisfação já foi alcançada como aquelas que precisam de ajustes e adequações. “Nossa equipe de ouvidoras trabalha com empenho para responder da melhor forma o registro de cada beneficiário. Este é o desafio que nos motiva a cada dia”, enfatizou. Por ser uma escuta qualificada das demandas, a ouvidoria proporciona aos gestores do Planserv informações gerenciais para intervenções sistêmicas com o objetivo de aprimorar a qualidade dos serviços oferecidos e definir diretrizes do planejamento estratégico.

O Sistema TAG, utilizado pelas Ouvidorias de todos os órgãos da Administração Pública Estadual, tem como objetivo permitir que os gestores do Estado extraiam informações sobre qualquer instituição da estrutura do Governo, além de dar ênfase à Lei de Acesso à Informação (Lei 12.527/2011), que criou mecanismos que possibilitam a qualquer pessoa, física ou jurídica, sem necessidade de apresentar motivo, solicitar informações públicas dos órgãos e entidades, com um prazo especial.