sexta-feira , julho 21 2017
Home / Cidade / Paism garante assistência a mulher durante todo o ano

Paism garante assistência a mulher durante todo o ano

O cuidado a saúde da mulher é uma das preocupações da Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana, que através do Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher (PAISM), oferece durante todo o ano ações de atenção a esse público, garantindo acessibilidade a serviços de saúde sexual e reprodutiva, pré-natal e prevenção ao câncer ginecológico.

Para facilitar o diagnóstico de câncer uterino, a Secretaria de Saúde conseguiu diminuir o tempo de entrega do resultado do exame citopatológico (mais conhecido como preventivo) para ser feito em torno de 30 dias. “Nós tínhamos essa preocupação em entregar o resultado em um tempo hábil, para que as mulheres tenham condições necessárias de realizar outros exames e agilizar o tratamento se algo for diagnosticado”, pontua Alessandra Magalhães, referencia técnica em saúde da mulher.

Em 2016, 13.661 exames citopatológicos foram realizados. Já este ano, de janeiro a junho, o número é de aproximadamente 6 mil, destes 4.561 entre mulheres da faixa etária de 25 a 64 anos.

“É importantíssimo as mulheres terem essa consciência do quanto a questão do preventivo e também da mamografia se faz mais do que necessário para estarmos evitando o câncer”, ressalta Alessandra Magalhães, que também alerta para a realização do exame de mamografia. Segundo a enfermeira a procura é baixa durante todo o ano.

A mamografia diagnóstica pode ser feita por mulheres que de qualquer idade que procuram a unidade de saúde após perceber em algum momento a presença de nódulo ou dor. Já a mamografia de rastreamento deve ser realizada por mulheres a partir de 50 anos, esta pode detectar um nódulo ainda que não notado no autoexame da mama.

Além de exames que previnem doenças como o câncer, o Paism também oferece serviços de Planejamento Familiar, que ganha destaque através da distribuição de métodos contraceptivos orais, injetáveis e preservativo feminino/masculino. Todas as mulheres podem ter acesso a esses métodos, mas para isso é necessário a realização de consulta com um enfermeiro da unidade localizada na sua área de abrangência. O enfermeiro junto a paciente irá definir qual o método mais adequado e fazer as orientações necessárias.

Os métodos contraceptivos podem ser solicitados por mulheres ou homens, e garantem a proteção de doenças sexualmente transmissíveis, além de evitar uma gravidez indesejada.