segunda-feira , julho 24 2017
Home / Destaque / Polícia Civil e Bombeiros atuam juntos para fiscalizar venda de fogos

Polícia Civil e Bombeiros atuam juntos para fiscalizar venda de fogos

Prevenção e cuidado são os focos da ‘Operação em Chamas’, deflagrada na manhã desta terça-feira (20), na feira de fogos no bairro de Stella Maris, em Salvador. Realizada pela Polícia Civil em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar, Exército Brasileiro, Ministério Público, Procon, Sucom e Ibametro, a ação tem como objetivo fiscalizar o comércio de fogos de artifícios em Salvador, Região Metropolita e interior baiano.

Para o delegado Fábio Santos da Silva, coordenador de Fiscalização de Produtos Controlados, o intuito é garantir segurança para os consumidores. “Esses fogos vão ser utilizados nas festas de São João e estamos aqui para garantir a integridade física de quem vai soltá-los”, ressaltou. Ainda segundo o delegado, “a ação revistou todas as barracas e os caminhões carregados, observando as formas de acondicionamento e a validade”.

A tenente Lívia Lavine do sistema de fiscalização de produtos controlados do Exército Brasileiro diz que a integração das forças de segurança é fundamental para segurança os usuários. “Cada um exerce o seu papel aqui e o Exército atua na destruição de fogos irregulares, caso sejam encontrados”, afirmou.

O gerente de vendas de fogos da barraca Bom Preço, Peter Bahia, 28, pontuou que é importante fiscalizar a segurança não só dos consumidores, mas também dos próprios vendedores. “Estou muito feliz, minha barraca está toda correta, é um trabalho grande de verificação de validade. Nosso interesse é estar sempre dentro da lei”, disse satisfeito.

O Corpo de Bombeiros participou da ação, analisando as rotas de fugas em caso de incêndios, observando a existência dos extintores, além de orientar os comerciantes sobre as maneiras corretas de descartar resíduos como caixas e outros itens que possuam substâncias inflamáveis. . “Notamos lixos jogados e materiais inflamáveis depositados em locais irregulares que podem aumentar o risco de incêndios”, afirmou a cabo BM Marielma Sacramento, do setor de Segurança Contra Incêndio e Pânico do CBM.

A ‘Operação em Chamas’ parte ainda hoje para Lauro de Freitas e depois seguirá aos municípios do interior baiano que têm grandes festas tradicionais de São João.