quinta-feira , novembro 23 2017
Home / Destaque / Prefeito assina termo de adesão ao Fórum de Gestores Municipais de Promoção da Igualdade Racial

Prefeito assina termo de adesão ao Fórum de Gestores Municipais de Promoção da Igualdade Racial

Micareta, período de festa, participação popular e de alegria, não deve abrir espaço para a intolerância ou preconceito de qualquer tipo. “São palavras que não rimam. E as ações interpessoais não devem ser pautadas nisso”, afirmou o prefeito José Ronaldo de Carvalho durante a cerimônia da assinatura do termo de adesão ao Fórum de Gestores Municipais de Promoção da Igualdade Racial.

O prefeito enfatizou que em Feira de Santana as políticas voltadas ao combate do racismo e contra a intolerância em todos os níveis são estimuladas pelo governo municipal. “Temos uma linha de trabalho voltado para combater estes males que afetam a sociedade. Estes comportamentos inadequados não devem apenas combatidos, mas extirpados”, afirmou José Ronaldo de Carvalho.

Durante a festa, a iniciativa “Micareta sem Racismo”, através de parceria entre Prefeitura, Governo do Estado e órgãos parceiros, vai oferecer apoio jurídico e orientações. O serviço foi inaugurado nesta quinta, 18, às 17h, no posto fixo instalado na sede Universidade Aberta do Brasil, localizada na avenida Presidente Dutra (ao lado da antiga Direc), onde ocorrerão os atendimentos ao longo dos quatro dias de festa.

A secretária da Promoção da Igualdade Racial, Fabya Reis, destacou as iniciativas do combate ao preconceito racial, mas enfatizou que durante as festas de largo ainda acontecem problemas relacionados ao racismo. Comentou que a Micareta deve ser um espaço onde não deve existir violência aos direitos humanos.

O posto de atendimento funcionará entre quinta e sábado, de 18h às 22hs, e no domingo, das 14h às 19h. O serviço também contará com equipes especializadas que atuarão ao longo do circuito Maneca Ferreira, realizando pesquisa e monitoramento sobre os casos de discriminação racial.

Participaram do evento o secretário de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira e o defensor público, Marcelo Rocha.