terça-feira , setembro 25 2018
Home / Cotidiano / Proposta de bairros autossustentáveis em Feira de Santana é apresentada em curso da UNAMACS

Proposta de bairros autossustentáveis em Feira de Santana é apresentada em curso da UNAMACS

A soma entre o equilíbrio social, ambiental e econômico é igual a fórmula para o desenvolvimento sustentável. A afirmação é de Paulo Santos, coordenador do Ecobairro em Feira de Santana, uma organização não governamental, ao explicar que uma cidade sustentável e pacífica é possível a partir de mudança de hábitos (conscientização), que começa nos indivíduos, na casa, no quarteirão (ou condomínio) até chegar nos bairros.

“Quando pensamos nos ecobairros entende-se a criação de bairros autossustentáveis, que ofereçam todos os recursos necessários para o desenvolvimento das pessoas”, explica.

Esse assunto foi discutido na manhã desta quinta-feira, 12, no minicurso Sementes Ecobairros, promovido pela UNAMACS (Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável), que está instalada no Parque da Cidade Frei José Monteiro Sobrinho. A atividade teve a parceria da Universidade Católica de Feira de Santana.

De acordo com Paulo Santos, o ecobairro é uma organização que nasceu em 2004, nas cidades de São Paulo, Salvador, Goiânia, Brasília e também em Feira de Santana. Tem o apoio da ONU (Organização das Nações Unidas).

Questões da natureza tem relação direta com o homem, observa educadora ambiental

A educadora ambiental e pedagoga da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam), Elisângela Lucena, reforçou que o minicurso Sementes Ecobairro foi desenvolvido com a proposta de conscientizar as pessoas a entenderem que as questões da natureza tem relação direta com o homem. “A partir da mudança de hábitos, de uma maior conscientização, as pessoas vão entender que elas fazem parte do meio ambiente e, a partir daí, vão começar a ter atitudes diferentes”, considera.

UNAMACS formando multiplicadores de informação

Participando pela primeira vez das atividades da UNAMACS, a secretária de Meio Ambiente, do município de São Gonçalo dos Campos, Olívia Brito (foto), disse que veio a Feira de Santana a fim de buscar parceria para fortalecer as relações ligadas às questões ambientais.

“A UNAMACS tem dado a oportunidade das pessoas ampliarem o conhecimento tanto prático quanto teórico. Recentemente tivemos um representante do nosso município, que participou do curso de apicultura aqui em Feira e, hoje, em Berimbau, ele tem aplicado esse conhecimento que vem dando resultados positivos”, elogiou.

Os próximos cursos na UNAMACS vão transcorrer na segunda-feira, 16, com o Curso Estratégias em Educação Socioambiental, e na terça-feira, 17, com Esporte de Orientação, encerrando as atividades do trimestre.