sábado , novembro 18 2017
Home / Destaque / Seduc convoca mais 100 professores aprovados em seleção pública

Seduc convoca mais 100 professores aprovados em seleção pública

Mais 100 professores aprovados na seleção pública simplificada para a Rede Municipal de Ensino foram convocados na sexta-feira, 30. A lista de convocados foi publicada no Diário Oficial Eletrônico do Município, edição nº 523, de hoje. Da primeira convocação, 217 pedagogos, que se mostraram aptos a assumir a função, tomaram posse na última segunda-feira, 26.

“Realizamos uma nova convocação com o objetivo de alcançar o número previsto no edital da seleção pública, que eram 300 vagas. Alguns candidatos não atenderam às necessidades expressas no edital, como formação específica na área de Pedagogia e a conclusão da graduação”, explica a secretária de Educação, Jayana Ribeiro.

Os professores deverão comparecer à Secretaria Municipal de Educação, sala 03, situada na avenida Senhor dos Passos, 197, no centro da cidade, de acordo com as seguintes datas e horários específicos, conforme a classificação descrita na convocação: na cota afrodescendente ou indígena estão convocados os classificados da posição 61º à 70º; cota de escola pública ou bolsista, da classificação 91º ao 105º; e livre concorrência, da classificação 147º a 171º. Todos estes deverão comparecer à Seduc no próximo dia 17 de julho, das 8h às 11h30 ou das 14h às 17h.

Ainda segundo o edital: os candidatos da cota de afrodescendente ou indígena, da classificação 71º ao 80º; da cota de escola pública ou bolsista, da classificação 106º ao 120º; e, finalmente, os candidatos de livre concorrência, cuja classificação é do 172º ao 196º, deverão comparecer à Secretaria de Educação, no dia 18 de julho próximo, das 8h às 11h30 ou das 14h às 17h.

Os professores convocados deverão apresentar os seguintes documentos: carteira de identidade; comprovante de inscrição no cadastro de pessoa física (CPF); certidão de nascimento ou casamento; cartão de inscrição no PIS/PASEP; comprovante de regularidade com as obrigações eleitorais; comprovante de regularidade com o serviço militar, quando couber; comprovação de escolaridade mínima compatível com o cargo de acordo com a exigência do edital – diploma do curso de Pedagogia.

Também é exigido histórico escolar para candidatos que concorreram às vagas da cota “oriundo da escola pública e bolsista de escola particular”; laudo médico atestando a capacidade física para o exercício da função; declaração de bens; atestado de antecedentes policiais; uma foto 3×4; para os selecionados que possuam outros vínculos com o serviço público, declaração dos órgãos de origem informando a jornada de trabalho; carteira de trabalho e previdência social – CTPS; e finalmente comprovante de residência.

Além disso, é preciso apresentar alguns exames laboratoriais acompanhados dos respectivos laudos oferecidos por médico do trabalho, conforme a lista: hemograma completo, válido por três meses; sumário de urina, válido por três meses; acuidade visual, válido por até seis meses; raio X do tórax, válido por seis meses; laudo médico atestando capacidade física para o exercício da função.

Caso o candidato não compareça até o prazo final estipulado no Edital de Convocação ou não apresente a documentação necessária, perderá o direito à nomeação e ao consequente ingresso no serviço público municipal.

O prazo de contratação é de um ano, podendo ser prorrogado por igual período. Já a seleção é válida por dois anos e também pode ser prorrogada por igual período.