domingo , setembro 23 2018
Home / Cidade / Sema realiza III Encontro Estadual do Programa Água Doce

Sema realiza III Encontro Estadual do Programa Água Doce

A Secretaria do Meio Ambiente (Sema) realiza, nos dias 17 e 18 de maio, o III Encontro Estadual do Programa Água Doce (PAD), no auditório da Unidade Regional da Companhia de Engenharia e Recursos Hídricos da Bahia (Cerb), em Feira de Santana, na Rua Senador Quintino, n° 3.200, 35 BI). O evento discutirá a capacitação dos operadores dos sistemas de dessalinização e a institucionalização desses sistemas como equipamento social, os cuidados com a água dessalinizada e com o meio ambiente, bem como a gestão compartilhada dos sistemas de dessalinização por meio de acordos de gestão.

 No encontro, também será apresentado o aplicativo do Programa Água Doce, lançado pelo Ministério do Meio Ambiente em março deste ano. Por meio da ferramenta, comunidades e técnicos dos estados atendidos pelo programa poderão cadastrar informações, reportar dificuldades ou dúvidas, além de compartilhar fotos para o banco nacional de imagens do Água Doce.

 Na oportunidade, estarão presentes os representantes nacionais e estaduais do PAD, prefeitos e gestores municipais e representantes das comunidades beneficiadas pelo programa.

 O Programa Água Doce (PAD) é uma ação do Governo Federal, coordenada pelo Ministério do Meio Ambiente em parceria com diversas instituições federais, estaduais, municipais e sociedade civil, que visa a estabelecer uma política pública permanente de acesso à água de qualidade para o consumo humano por meio do aproveitamento sustentável de águas subterrâneas, incorporando cuidados técnicos, ambientais e sociais na implantação, recuperação e gestão de sistemas de dessalinização.

 Gestão compartilhada

 Na Bahia, com a gestão compartilhada, a coordenação, implantação e gestão dos sistemas ficam a cargo da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento da Bahia (Cerb), prefeituras e sociedade civil. O objetivo do Programa é a implantação de 385 sistemas de dessalinização, beneficiando cerca de 200 mil pessoas, em 67 municípios, com o investimento de R$ 61,8 milhões.

 A 2ª Etapa do Água Doce tem o objetivo de implantação, recuperação e gestão de 150 sistemas de dessalinização, beneficiando 48 municípios. Com o investimento de R$ 27,3 milhões, o propósito é reduzir as vulnerabilidades ao acesso à água no semiárido baiano. As iniciativas do Programa promovem o uso sustentável da água, contribuem para o enfrentamento dos efeitos das mudanças climáticas, bem como a disseminação de boas práticas de uso da água para manter os sistemas funcionando de maneira sustentável e produzindo água com qualidade.