terça-feira , julho 17 2018
Home / Cidade / Superintendente da Transalvador explana sobre a implantação da Zona Azul Digital

Superintendente da Transalvador explana sobre a implantação da Zona Azul Digital

Um acordo de cooperação técnica entre as prefeituras de Salvador e Feira de Santana poderá ser formalizado visando a implantação da Zona Azul Digital em Feira.

Esta possibilidade foi admitida pelo superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, que na tarde desta quinta-feira, 28, em reunião com o prefeito Colbert Martins Filho e secretários municipais (dentre eles o titular da Secretaria de Transportes e Trânsito, Saulo Figueiredo), no Paço Maria Quitéria, fez uma explanação sobre o projeto que deverá ser implantado na capital baiana em agosto.

No modelo apresentado por Muller, que tem similar em estados do Sudeste e do Sul, a exemplo de São Paulo e Santa Catarina, o sistema será operado por empresas interessadas na exploração deste serviço, através de aplicativos que vão comercializar os créditos, através da venda on line, dos usuários cadastrados.

Dentre as especificidades expostas pelo superintendente da Transalvador para a montagem da infraestrutura deste sistema, inclue a criação de um núcleo operacional para os estacionamentos.

De acordo com Fabrício Muller, 60% da arrecadação obtida com a Zona Azul Digital serão dos cofres do município, e 40% das empresas responsáveis pelos aplicativos. O preço da hora será padronizado e o valor cobrado acessível aos usuários.

O prefeito Colbert Martins ressaltou que “o que está se vendendo não é a guarda do carro, mas o espaço público, e um modelo semelhante a este que queremos para Feira de Santana”, disse.