sábado , agosto 19 2017
Home / Cultura e Artes / Suspiros de Um Trovador mostra trajetória de cordelista

Suspiros de Um Trovador mostra trajetória de cordelista

A vida e obra do cordelista alagoano Rodolfo Coelho Cavalcante, que escreveu importantes páginas de sua história aqui em Feira de Santana, está sendo sintetizada com a produção do longa-metragem “Suspiros de um trovador”, apresentado no Mercado de Arte Popular (MAP) na noite da última sexta-feira, 26. A produção do vídeo é do diretor e roteirista Marcelo Rabelo, que com apoio do filho do homenageado, Isaias Cavalcante, seguiu as pegadas de um dos mais importantes ícones da literatura de cordel com a produção do documentário.

A produção tem cerca de 70 minutos de duração e sintetiza toda a produção do cordelista Rodolfo Coelho, que se vivo estivesse estaria completando seu centenário. Em sua trajetória, escreveu ou editou mais de 1.500 títulos de cordel, além de ser conhecido como trovador e pelos seus sonetos.

Rodolfo Coelho é reconhecido pelas suas obras com a medalha de Machado de Assis, uma das maiores láureas da literatura brasileira. E ele é o criador do Clube Baiano de Trovadores e da Ordem Brasileira dos Poetas da Literatura de Cordel.

Filho de Rodolfo, Isaias Cavalcante seguiu as pegadas do pai também na produção literária de cordel e adotou o nome dado pelo pai de Ismoca, abreviatura das iniciais de seu nome.

O cordelista é notável pela produção de folhetosde literaturas de cordel como “ABC dos namorados, do amor, do beijo, da dança”, “História de um príncipe formoso”, “O mundo vai se acabar” e, dentre muitos outros, “A chegada de Lampião no céu”. Aliás, as histórias de Lampião foram seu grande mote para produção literária de cordel.