quinta-feira , julho 20 2017
Home / Cidade / VI Festival de Filarmônica encerra em grande estilo

VI Festival de Filarmônica encerra em grande estilo

Com as apresentações em grande estilo da Sociedade Litero-Musical Minerva Cachoeirana e da Sociedade Filarmônica 25 de Março, foi encerrado na noite desta sexta-feira,5, no Casarão Fróes da Motta, o VI Festival de Filarmônica Princesa do Sertão, promovido pela Fundação Senhor dos Passos.

O evento, aberto na última quinta-feira, 4, com apresentações da Sociedade Filarmônica Euterpe Feirense e a Associação Filarmônica 5 de Março, de Muritiba, resgata um pedido histórico, quando estas tradicionais instituições animavam grandes plateias em solenidades cívicas e festas populares, com suas retretas e tocatas.

O presidente da Fundação Senhor dos Passos, Carlos Brito, responsável pelo resgate e reestruturação da 25 de Março, considera vitorioso este projeto, “porque, hoje, além de conseguirmos manter a Filarmônica, também conseguimos tocar a escola de música Maestro Estevão Moura, de suma importância para a formação de novos músicos para dar seguimento a este projeto”.

Carlos Brito ressalta que, ao chegar a sua sexta edição, o Festival “cumpre o seu importante papel, não só de resgatar a nossa tradição musical, mas, sobretudo, na formação de plateia”.

Nesta sexta-feira, o Casarão Fróes da Motta apanhou um público superior a 250 pessoas, contagiada pelas execuções de frevos e dobrados, além de arranjos inusitados de clássicos da MPB, bem ao gosto do público em geral.

Destaque para os maestros Tony Neves, da 25 de Março, e Felisberto Souza e Claricio Marques, que se revelaram na regência da Minerva Cachoeirana.