domingo , julho 22 2018
Home / Destaque / Vírus da hepatite pode ser transmitido pelo esmalte de unha, alerta enfermeiro

Vírus da hepatite pode ser transmitido pelo esmalte de unha, alerta enfermeiro

Algumas pessoas já sabem que o uso de material individual, como espátulas e alicates, no atendimento com manicures em salões de beleza é essencial para a prevenção de doenças como a hepatite. O que muitas esquecem é que o vírus também pode estar presente em esmaltes de unha. A informação é de Matheus Farias, enfermeiro do Programa Municipal de Hepatites Virais, durante palestra para pacientes do CADH (Centro de Atendimento ao Hipertenso e Diabético), nesta segunda-feira, 09.

“O vírus da hepatite pode estar presente em vários objetos, como alicates, lixas, tesouras e inclusive no esmalte de unha, onde pode ficar encubado dentro do frasco por até sete dias. Por isso é importante levar sempre seu material, para evitar a contaminação através de objetos compartilhados”, informa.

Segundo o enfermeiro, a esterilização desses materiais com álcool, acetona ou estufa de manicure não mata o vírus e nem impede a sua transmissão. “O álcool pode até destruir outros vírus, mas o da hepatite não, pois este é resistente. O que o destrói é a autoclave (máquina que esteriliza os equipamentos por meio do vapor) ou a evacuação do vírus após permanência num ambiente por mais de cinco dias”, ressalta.

O alerta também serviu para as pessoas que possuem ambas as doenças, diabetes e hepatites, priorizem o tratamento. “Uma vez que a hepatites é controlada por meio do tratamento, consequentemente há também uma melhora no quadro de diabetes”, informa.