quinta-feira , outubro 18 2018
Home / Destaque / Você sabia que a contabilidade pode acabar com o futuro de uma empresa?

Você sabia que a contabilidade pode acabar com o futuro de uma empresa?

O primeiro nome próprio de que se tem notícia na história é “Kushim” e foi atribuído à pessoa responsável por registrar transações de cevada em um tabuleiro de argila na antiga Mesopotâmia. Os tempos mudaram, mas o papel do contador continua fundamental dentro das organizações. De acordo com a lei, toda empresa deve ter seus livros contábeis escriturados e somente aqueles com registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC) podem fazer isto.

No entanto, mesmo com essas exigências, não é raro que empresários sejam pegos desprevenidos e descubram dívidas que nem sabiam existir, além de pendências na Receita Federal, Prefeitura ou Juntas Comerciais. De acordo com dados da Contabilizei, só no último ano, mais de 50% das empresas que migraram a contabilidade para o escritório apresentavam erros contábeis.

“Os gastos e multas que devem ser pagos com a regularização destes negócios podem chegar a mais de R$20.000”, alerta Heber Dionizio, contador responsável na Contabilizei. “O empresário costuma enxergar a contabilidade como um universo complexo em que apenas recebe as guias para pagamento, porém é importante que ele exija o envio mensal dos comprovantes e fique atento à situação do seu negócio”, complementa.

Neste momento, a tecnologia se demonstra uma grande aliada para quem está empreendendo. Na Contabilizei, por exemplo, os processos contábeis são realizados em uma plataforma online, onde ficam disponíveis para o usuário. “A contabilidade é um processo complexo, que leva em conta diversas variáveis. Essa automação ajuda a reduzir erros e dá ao empresário total controle sobre todos os aspectos do seu negócio”, explica Heber.

Outra forma de verificar se a documentação da empresa está em dia é acessando o site do Receita Federal (http://cav.receita.fazenda.gov.br/), onde é possível obter um relatório completo das pendências e conferir a situação de todas as guias que foram geradas.