segunda-feira , agosto 19 2019
Home / Destaque / Bahia é bicampeão baiano após derrotar Bahia de Feira

Bahia é bicampeão baiano após derrotar Bahia de Feira

Após vencer o Bahia de Feira por 1X0 na Fonte nova o Tricolor nunca esteve ameaçado no número geral de conquistas do Baianão: 48, contra 29 do Vitória. Porém, após seis décadas de domínio absoluto desde sua fundação, em 1931, deixou o Leão tomar o trono a partir dos anos 1990.

Foi com uma mudança geral nos rumos do clube, com a implantação da democracia em 2013, que o Esquadrão voltou a ser o time a ser batido no estado. E, com a glória de ontem, assegurou a hegemonia na década, ainda faltando um ano para o fim. Com cinco troféus (2012, 2014, 2015, 2018 e 2019), não pode mais ser alcançado pelo arquirrival, que soma três.

No duelo deste domingo, o gol do título foi de Gilberto, mas o goleiro Anderson merece o status de herói pelo pênalti defendido na parte final do duro embate. O Bahia de Feira, que completa 10 anos desde a volta às atividades, disputou a segunda final do Baiano desde então, e tem um título na conta, em 2011. Palmas!

Equilíbrio em campo

A primeira etapa teve duas partes bem diferentes. Na metade inicial, o Bahia aproveitou o embalo da ótima atuação do meio de semana, quando goleou o Londrina por 4 a 0, e usou do mesmo mecanismo da marcação por pressão para sufocar o Bahia de Feira.

E foi com uma bola roubada no campo de ataque que o Tricolor da capital teve sua primeira chance. Após o desarme, Artur recebeu no canto esquerdo, próximo à área e acabou derrubado. Na cobrança da falta, Arthur Caíke carimbou o travessão.

O Esquadrão seguia bem. Não deixava o Tremendão ficar com a bola, iniciava de maneira objetiva as jogadas, mas faltava precisão ao definí-las. Aos 23, o time acertou a trama. Elton tocou para Gilberto, que ajeitou e Arthur Caíke bateu rasteiro, de fora da área. Passou perto.