sexta-feira , novembro 22 2019
Home / Cultura e Artes / Câmara realiza Sessão Especial em homenagem a Fundação Egberto Costa

Câmara realiza Sessão Especial em homenagem a Fundação Egberto Costa

A Fundação Municipal de Tecnologia, Telecomunicações e Cultura Egberto Tavares Costa (FUNTITEC), comemorou este ano 14 anos de existência. Nesta quinta-feira, 29, o órgão de administração descentralizada da Prefeitura de Feira de Santana recebeu uma homenagem em sessão especial na Câmara Municipal.

A sessão foi conduzida pelo presidente do Legislativo, vereador José Carneiro Rocha, que conduziu a Mesa de Honra ao lado do diretor presidente da Funtitec, Antônio Carlos Daltro Coelho; a diretora do Teatro Margarida Ribeiro, Luluda Barreto; diretor de difusão cientifica do Museu Parque do Saber, Basílio Fernandez Fernandez.

Coube ao vereador Cadmiel Pereira, autor do requerimento, saudar os homenageados em nome da Casa. Ele destacou o tamanho e diversidade cultural encontrada no município. “Feira de Santana tem uma riqueza em termos de geografia e composição de povos. Só mentes brilhantes podem imaginar a criação de uma fundação tão importante com equipamentos tão importantes para a Bahia, que é a FUNTITEC”, ressaltou.

Na oportunidade, Antônio Carlos Daltro Coelho resumiu as atividades culturais da grade da Fundação, realizadas a partir dos últimos sete anos em que assumiu o cargo.  O presidente ressaltou os projetos Vozes da Terra e o Teatro Vai aos Bairros; bem como o Arte de Viver, Feira Digital e o Museu Parque do Saber, implantados durante esse período.

“Procuramos incluir nesses últimos sete anos à grade cultural, outros eventos, como as comemorações do dia do teatro e do circo, dia do músico, dia da cultura, e outros tantos e inúmeros eventos culturais da cidade e dos distritos apoiados pela fundação”, e completou: “afirmarmos que a fundação é uma das fundações culturais tecnológicas de maior importância do Norte e Nordeste deste país”.

A diretora do Teatro Margarida Ribeiro, Luluda Barreto, declarou se sentir honrada em participar da equipe. “Sinto grande prazer em relembrar do programa Arte de Viver, no qual, deixei 1.500 alunos e, hoje, triplicou para 4.500”. A diretora ainda solicitou dos edis presentes que tornassem Lei o Festival de Música Vozes da Terra e o projeto Teatro Vai aos Bairros, a fim de que não sejam interrompidos.

Basílio Fernandez, diretor de difusão cientifica da FUNTITEC, reforçou a importância da ciência para o desenvolvimento tecnológico do município. “Um planetário para uma cidade corresponde a um vetor para o seu crescimento. Mais de 65 municípios visitam anualmente o Parque do Saber”, enumerou.