sábado , agosto 24 2019
Home / Cotidiano / Candidato ao Mister Brasil é alvo de ofensas racistas na web após anunciar casamento gay

Candidato ao Mister Brasil é alvo de ofensas racistas na web após anunciar casamento gay

O paulista Max Souza, 24, modelo e ativista gay foi o primeiro negro a vencer o concurso de beleza em Lins, que dá a chance de entrar no concurso nacional, o Mister Brasil. Apesar de quebrar barreiras, na internet a reação foi contrária. “Tive muitos comentários positivos, me parabenizando com a vitória e sou grato com isso, mas infelizmente um deles foi muito ofensivo, um comentário cheio de ódio, cheio de preconceito apenas por causa da minha cor”, explica Max. Comentários como “Deveria voltar para a Senzala”, “Viadinho”, foram alguns distribuídos por internautas em sua última publicação no Instagram, que falava na legenda justamente sobre bullying.
O modelo é casado com o prefeito de Lins, Edgar Souza, e decidiu processar o internauta com base nos procedimentos juristas cabíveis. “Isso é inadmissível, mas como fala o meu companheiro, melhor guardar apenas o que de bom falam ”.
Max tem o desejo de ser ativista gay e fazer história no Mister Brasil como também ser um dos primeiros negros a vencer a competição.