sábado , maio 25 2019
Home / Cultura e Artes / CARLINHOS BROWN MOSTRA A VERVE ARTISTA PLÁSTICO EM MADRI COM EXPÔ DE 14 PINTURAS

CARLINHOS BROWN MOSTRA A VERVE ARTISTA PLÁSTICO EM MADRI COM EXPÔ DE 14 PINTURAS

Criador múltiplo, Carlinhos Brown – músico, ativista, percussionista e agitador cultural – está sempre em busca de novas maneiras de se expressar. Soteropolitano de 36 anos, Brown vai levar, pela primeira vez, seu talento como artista plástico para o exterior – mais precisamente para Madri, onde vai expor 14 telas de grandes dimensões pintadas em acrílico no Espacio Fundación Telefónica, na mostra “La Mirada que Escucha” (“O Olhar que Ouve”).

“Artista inquieto”, como ele próprio se define, Carlinhos brilha como cantor, compositor, músico, produtor, mas…

– Não quero parar por aí. Quero ir bem além sempre – afirmou.

Há dez anos, ele também se expressa através das artes visuais, particularmente por meio da pintura. Sem jamais haver frequentado aulas de arte, o músico começou a pintar por prazer. À margem de qualquer corrente ou estilo, em suas telas pode-se observar o frescor e o traço vibrante de quem vive por e para a música. A exposição fica em cartaz na capital espanhola entre os dias 1º de maio e 2 de junho.

– Eu gosto muito da pintura. Este é um dos lugares que eu tenho encontrado para desaguar a minha música. E isso tem sido uma oportunidade única – comentou com o site HT em uma de nossas entrevistas sobre o tema.

Para Carlinhos Brown, uma forma de arte completa a outra. E, em ambas, a vontade é de produzir sempre mais.

– Como eu quero de fato o mundo da arte e isso é uma revelação na minha vida, eu me sinto seguro para me expressar na música e na pintura. No meio artístico, eu não paro de acompanhar por ter construído uma base rítmica nos últimos anos e a linguagem do timbal. Então, estou sempre presente e de olho no que está surgindo e no que estão fazendo por aí – afirmou o artista que, inclusive, já criou um instrumento musical, o bacurinha.

Ativista social sempre, para celebrar a inauguração da mostra, Brown visitará dois colégios públicos madrilenhos inovadores, com grande diversidade cultural e alunos em risco de vulnerabilidade ou exclusão social. Os dois centros desenvolvem uma ação social em que a música é geradora de mudança e ajuda na inclusão e no acesso à educação e à cultura.

Um programa bem de acordo com sua visão de fomentar a igualdade favorecendo a educação em áreas vulneráveis, por sinal: todos os grupos musicais formados por ele ao longo de sua trajetória contaram com crianças e jovens em risco de exclusão em Salvador, especialmente no bairro do Candeal Pequeno de Brotas. A Associação Pracatum, criada em 1994, nasceu para profissionalizar a comunidade e buscar alternativas para melhorar sua qualidade de vida através da música.

Atualmente, Brown tem mais de 600 canções compostas e 15 discos gravados.