domingo , junho 16 2019
Home / Destaque / De olho em jovens, LG K12+ aposta no Google Assistente

De olho em jovens, LG K12+ aposta no Google Assistente

Um diferencial do K12+ é um botão físico usado especificamente para acionar o Google Assistente. Vários estudos indicam que os comandos por voz vêm ganhando popularidade e o Google investe pesadamente para que seu Assistente seja cada vez mais poderoso. Assim, botão pode ser um atrativo para quem já está acostumado com comandos de voz. Mas, para quem não usa, não serve para muita coisa.

Outro diferencial do aparelho é o certificado de resistência militar MIL-STD 810G. O padrão foi desenvolvido pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos. O processo para obter o certificado engloba testes de durabilidade envolvendo temperaturas extremas, choque e umidade. Segundo a LG, isso faz com que o smartphone seja mais resistente do que outros aparelhos disponíveis no mercado. Não tentamos queimar, congelar ou quebrar o aparelho, mas, pelo menos em tese, toda essa proteção deve ajudar muito em caso de quedas.

A tela de 5,7 polegadas cobre boa parte da frente do aparelho, mas há bordas bem nítidas em cima e embaixo. Este visual era até aceitável um ou dois anos atrás. Mas enquanto outros fabricantes já usam “telas infinitas” e sem bordas em vários aparelhos, mesmo intermediários, o K12+ fica com uma cara meio antiga.

Com 3 GB de memória RAM e 32 GB de armazenamento (23 GB reais de espaço livre), o K12+ é definitivamente um smartphone da categoria básica. O processador é da MediaTek, tem oito núcleos (sendo 4 de 2,0 GHz e de 500 MHz). No app de benchmark AnTuTu, o aparelho teve a marca de 70.249 pontos, um valor dentro de sua categoria.

No teste da “vida real”, o K12+ deu conta do recado nas tarefas mais básicas. Mas foi possível notar alguns leves “engasgos” em algumas ações, como ativar o teclado. O aparelho deu conta do recado em jogos como RealRacing 3, mas engasgou um pouco em games muito pesados, como o Asphalt 9.