GOVERNO DO ESTADO OBRA POR TODA BAHIA
Feira de Santana

Implantação da nova sinalização horizontal e vertical será totalmente concluída em março

O serviço foi iniciado dando prioridade à pintura das vagas de estacionamento já existentes para idosos e deficientes físicos, como também a criação de novas vagas para este público, conforme solicitação do Ministério Público.

13/02/2020 14h47
Por: Jornalismo

A sinalização horizontal e vertical iniciada pela Prefeitura Municipal de Feira de Santana, através da Superintendência Municipal de Trânsito - SMT, no último dia 14 de janeiro, já teve mais de 50% do serviço concluído. A previsão é que este trabalho esteja totalmente pronto no mês de março.  

As faixas de travessia de pedestres e de sinalização das principais vias foram reforçadas. Foi realizada também a recomposição e pintura dos prismas (conhecidos como gelo baiano), localizados em pontos estratégicos para fluidez e segurança do trânsito. 

O serviço foi iniciado dando prioridade à pintura das vagas de estacionamento já existentes para idosos e deficientes físicos, como também a criação de novas vagas para este público, conforme solicitação do Ministério Público.

Foram sinalizadas 85 faixas de pedestres, 32 vagas para Portadores de Necessidades Especiais (PNE), 53 vagas para idosos, além da recomposição de 973 tachas, 230 prismas e implantação de 48 placas para estacionamento idosos e PNE.

De acordo com o superintendente Municipal de Trânsito, Maurício Carvalho, o serviço será intensificado nos próximos dias. "Em um curto espaço de tempo os serviços avançaram de forma significativa e nos próximos dias faremos um mutirão nas avenidas. Não somente das faixas, mas todas as demais sinalizações como setas de direção, faixas de bordo e zonas de conflito". 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários