Quarta, 05 de Agosto de 2020 21:56
75 99157-0203
Dólar comercial R$ 5,29 0.184%
Euro R$ 6,28 +0.591%
Peso Argentino R$ 0,07 +0.137%
Bitcoin R$ 65.909,33 -0.246%
Bovespa 102.801,76 pontos +1.57%
Economia Banco Santander

Lucro do Santander cai 41,2% no 2º trimestre

Sem o aumento das provisões, o lucro do banco teria aumentado 7,2% na mesma comparação

29/07/2020 11h01
Por: Redação
Lucro do Santander cai 41,2% no 2º trimestre

O Santander Brasil registrou lucro líquido de R$ 2,136 bilhões no segundo trimestre, uma queda de 41,2% em relação a igual período de 2019.

O resultado reflete o aumento nas reservas para calotes, que dobrou no período, para R$ 6,5 bilhões. Deste total, 3,2 bilhões respondem por uma provisão adicional feita pelo banco para cobrir possíveis riscos e perdas trazidos pela crise do coronavírus.

Sem o aumento das provisões, o lucro do banco teria aumentado 7,2% na mesma comparação.

O banco de origem espanhola é o primeiro a divulgar os resultados do segundo trimestre, período que captou em sua totalidade os efeitos da pandemia. Em relação aos três primeiros meses do ano, o lucro do Santander caiu 44,6%.

O banco já havia registrado um aumento de 19% nas provisões do primeiro trimestre, para R$ 3,424 bilhões, volume bem inferior ao registrado pelas demais grandes instituições do país.

Em relatório divulgado nesta quarta-feira (29), o banco afirmou que o aumento das provisões também reflete o aprimoramento dos modelos matemáticos para concessão de crédito.

“Seguimos com a evolução contínua dos nossos modelos de riscos, que ajudou na manutenção, em patamares controlados, da qualidade da carteira de crédito”, disse, em nota.

A carteira de crédito total do Santander cresceu 20,5% no segundo trimestre, para R$ 382,9 bilhões, refletindo o aumento da carteira corporativa. Desconsiderando a variação cambial do período, o crescimento da carteira foi de 16,5%.

Os empréstimos para grandes empresas subiram 41,8% no período, para R$ 122,6 bilhões. Já o crédito para pequenas e médias tiveram alta de 27,3%, para R$ 46,6 bilhões.

A carteira para pessoas físicas subiu 11%, para R$ 157 bilhões. O financiamento para consumo teve alta de 6,7%, para R$ 56,7 bilhões.

“Em virtude do cenário, também oferecemos aos clientes a possibilidade de prorrogar os prazos de pagamento. Com isso, a carteira prorrogada atingiu R$ 49,8 bilhões (ou 13% do salto da carteira de crédito total), sendo que 52% da carteira prorrogada possui garantias, dada nossa estratégia de focar em produtos menos arriscados desde o ano passado”, afirmou o banco em nota.

O resultado do aumento dos empréstimos foi o crescimento da margem financeira (a principal receita dos bancos, gerada com operações de crédito), que subiu 20,2% em relação ao segundo trimestre de 2019, para R$ 13,6 bilhões.

A inadimplência do banco ficou em 2,4% em junho deste ano, um recuo de 0,6 ponto percentual na comparação anual.

As receitas com prestação de serviços e tarifas do Santander atingiram R$ 4,1 bilhões, um recuo de 11,9% na mesma relação. O movimento foi refletido principalmente pela queda de 18,5% nas receitas com cartões e serviços da adquirente, que ficaram em R$ 1,231 bilhão no período.

O Santander chegou a estimular clientes a usarem mais o cartão de crédito, com aumento de 10% no limite para gastos. No entanto, a demanda caiu, limitando não só os ganhos com empréstimos nessa linha, mas também as receitas com tarifas.

“Destacamos que o fechamento de um número relevante de nossas lojas no início do trimestre impactou significativamente determinadas receitas, nas quais já observamos uma melhora a partir de junho”, disse o banco em relatório.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Feira de Santana - BA
Atualizado às 21h37 - Fonte: Climatempo
19°
Muitas nuvens

Mín. 15° Máx. 26°

19° Sensação
14.3 km/h Vento
79.8% Umidade do ar
90% (7mm) Chance de chuva
Amanhã (06/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 26°

Sol com muitas nuvens e chuva
Sexta (07/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 27°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias