Domingo, 29 de Novembro de 2020 16:48
75 99157-0203
Internacional Maconha ruim

Usuários dizem estar decepcionados com maconha estatal no Uruguai

Para ter acesso, é preciso se registrar no Ministério da Saúde e ser uruguaio ou ter documento de residência permanente.

11/11/2020 15h28
Por: Redação
Usuários dizem estar decepcionados com maconha estatal no Uruguai

Fim de tarde de verão, um mês antes de a pandemia do coronavírus começar na América Latina. Nas praças verdes do parque Rodó, diante da “rambla” (calçadão), ao lado do Rio da Prata, há grupos de jovens, gente de meia idade, casais de idosos. Tomam mate, conversam, namoram, enquanto crianças correm e rolam descalças no gramado.

Aqui e ali, sente-se o inconfundível cheiro há grupos e casais fumando maconha. Não há policiais nem se percebe se há gente incomodada com o fato. Parece tão natural como sentar-se na mureta para ver o pôr do sol.

“Eu planto maconha em casa, não compro na farmácia, porque acho que a que o governo vende é muito fraca. Eu gosto da lei porque não preciso buscar um traficante. Gasto uma hora por dia para cuidar das minhas plantas e isso é uma atividade terapêutica, me relaxa e me dá prazer”, diz um usuário ouvido pela Folha, ali com a namorada.

À primeira vista, poderia ser um cartão-postal da Lei da Maconha, em vigor no Uruguai desde 2013. Um olhar detalhado sobre a implementação do texto, porém, mostra que há pontos positivos e outros em que ainda não se chegou a um consenso.

Enquanto alguns aspectos, como a produção de ingredientes para remédios baseados na planta, evoluem rapidamente, outros ainda precisam de melhoras, como o controle dos usuários e a equalização da demanda por parte de usuários e de estrangeiros.

Esses últimos, até antes da pandemia, desciam dos barcos no porto de Montevidéu ou chegavam pelos aeroportos perguntando pela droga e logo se transformavam em alvo fácil dos narcotraficantes nas ruelas perto do porto ou nas portas dos hotéis.

A legislação de 2013 avançou com relação a outra que está em vigor desde 1971, que permite que qualquer cidadão porte, em pequena quantidade e para consumo próprio, qualquer substância ilícita –o texto ainda vigora para outras drogas, da cocaína à heroína.

Em 2013, porém, na gestão da Frente Ampla (esquerda), na presidência de José “Pepe” Mujica, criou-se uma legislação bem mais abrangente.

O texto estabelece que o Estado se responsabilize por plantação, produção, armazenamento, distribuição e venda da maconha. Para ter acesso, é preciso se registrar no Ministério da Saúde e ser uruguaio ou ter documento de residência permanente.

 A maconha distribuída nos estabelecimentos é de dois tipos, Cannabis indica ou Cannabis sativa. “Eu uso a indica quando quero relaxar, e a sativa quando quero ser mais criativo, escrever ou desenhar”, diz Martínez, que trabalha em uma padaria.

Em uma das farmácias que a Folha visitou, a irritação do farmacêutico era visível. “Eu não sei por que isso ainda é um assunto. O telefone não para de tocar, todo mundo entra aqui para perguntar, está todo mundo cansado de saber como funciona, o que tem mais a dizer?”, afirma, praticamente enxotando a reportagem do local.

A lei da maconha ficou tão conhecida pelo mundo que, principalmente nas férias, o Uruguai se enche de turistas que entram nas lojas de bugigangas relacionadas ao fumo –que vendem seda, narguilés, dichavadores, terra para cultivo, mas não a maconha– perguntando como e onde conseguir a droga. Muitas inclusive colocam um cartaz na porta ou sobre o mostrador: “Aqui não se vende maconha”.

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Feira de Santana - BA
Atualizado às 16h31 - Fonte: Climatempo
19°
Muitas nuvens

Mín. 17° Máx. 28°

19° Sensação
27.3 km/h Vento
43.7% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (30/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 29°

Sol e Chuva
Terça (01/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 29°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias