Sábado, 23 de Janeiro de 2021 21:49
75 99157-0203
Dólar comercial R$ 5,48 2.142%
Euro R$ 6,67 +2.24%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.01%
Bitcoin R$ 185.606,19 -4.517%
Bovespa 117.380,49 pontos -0.8%
Economia Negociações

Governo intensifica negociações para colocar de pé programa social.

A ideia é que proposta seja levada ainda esta semana ao presidente Jair Bolsonaro. Após a frustração pela ausência de grandes avanços

25/11/2020 14h39
Por: Redação
Governo intensifica negociações para colocar de pé programa social.

Sem ter ainda uma resposta ao fim do auxílio emergencial, lideranças do governo e integrantes da equipe econômica intensificaram ontem as negociações com parlamentares para tentar colocar de pé ainda este ano uma solução para criar o novo programa social do governo, que precisará envolver medidas de corte de gastos.

A ideia é que proposta seja levada ainda esta semana ao presidente Jair Bolsonaro. Após a frustração pela ausência de grandes avanços na agenda fiscal com o fim do primeiro turno das eleições municipais, os principais articuladores tentam preparar o terreno para dar um sinal firme da direção das políticas na próxima semana, quando as eleições estarão de fato liquidadas com o fim do segundo turno.

Segundo apurou o Estadão/Broadcast, já há consenso para incluir no parecer do relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) emergencial, senador Márcio Bittar (MDB-AC), os "gatilhos" de contenção de despesas obrigatórias para manter a sustentabilidade do teto de gastos (que limita o avanço das despesas à inflação) e a previsão de corte em isenções e subsídios tributários - uma política que deve consumir R$ 307,9 bilhões no ano que vem, sem mudanças.

Nos gatilhos, o foco central está nos gastos com pessoal. Nos incentivos tributários, a proposta é fazer um corte de alcance geral, excetuando apenas o Simples Nacional (regime de tributação diferenciada para micro, pequenas e médias empresas) e os benefícios regionais. Por isso, o porcentual de corte das renúncias em outras áreas terá de ser um pouco maior, em torno de 20% a 25%.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Feira de Santana - BA
Atualizado às 21h48 - Fonte: Climatempo
25°
Muitas nuvens

Mín. 19° Máx. 28°

25° Sensação
13.4 km/h Vento
77.3% Umidade do ar
90% (4mm) Chance de chuva
Amanhã (24/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 29°

Sol e Chuva
Segunda (25/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 29°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias