Quinta, 15 de Abril de 2021 14:32
75 99157-0203
Polícia Roubo de petróleo

Policial Militar envolvido em roubo de petróleo se entrega à polícia

Ele foi identificado como Marcelo Queiroz dos Anjos, um capitão da Polícia Militar, lotado na Ajudância Geral, no QG da PM.

03/03/2021 09h30
Por: Redação
Policial Militar envolvido em roubo de petróleo se entrega à polícia

O chefe de uma organização criminosa especializada em furto de combustíveis em municípios da Baixada Fluminense se entregou à polícia da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) na tarde desta terça-feira. Ele foi identificado como Marcelo Queiroz dos Anjos, um capitão da Polícia Militar, lotado na Ajudância Geral, no QG da PM.

Queiroz era considerado foragido da operação Porto Negro, da Polícia Civil e do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ). De acordo com as investigações, a quadrilha liderada pelo PM furtou ao todo 169,5 mil litros de petróleo e causou um prejuízo de cerca de R$ 2 milhões para a Transpetro/Petrobrás. 

Nesta manhã, durante a operação, agentes prenderam quatro suspeitos de integrar a organização criminosa. Os policiais deveriam cumprir cinco mandados de prisão - Marcelo Queiroz dos Anjos era o último que faltava -, além de 14 de busca e apreensão.

As investigações contra o grupo criminoso duraram seis meses. O início se deu após uma descoberta de perfuração de dutos da Transpetro no município de Guapimirim em junho de 2020. Logo depois, a polícia encontrou buracos para furto de petróleo em Nova Iguaçu e em Queimados, também na Baixada Fluminense. Ao todo, foram furtados 169,5 mil litros do combustível em três roubos diferentes. 

O Ministério Público do Rio (MPRJ) irá investigar se funcionários da Petrobras passam informações privilegiadas sobre a localização dos dutos de petróleo para os integrantes da organização criminosa especializada em furtar o material, na Baixada Fluminense. A Polícia Civil também garantiu que irá dar continuidade nas investigações da operação Porto Negro.

"A certeza é de que há mais pessoas envolvidas, isso é certo. A investigação vai continuar para identificar as outras pessoas, e a gente trabalha com a possibilidade concreta de que alguém de dentro da empresa passa informação para quadrilha", afirmou o promotor Rogério Sá Ferreira, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MP).

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Feira de Santana - BA
Atualizado às 14h24 - Fonte: Climatempo
28°
Muitas nuvens

Mín. 20° Máx. 28°

28° Sensação
22.6 km/h Vento
41.1% Umidade do ar
80% (20mm) Chance de chuva
Amanhã (16/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 27°

Sol com muitas nuvens e chuva
Sábado (17/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 28°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias