Domingo, 24 de Outubro de 2021
29°

Poucas nuvens

Feira de Santana - BA

Polícia Presa por amamentar

Policial presa por amamentar denunciou assédio sexual e cogita deixar a PM

O primeiro caso denunciado por ela ocorreu em Imperatriz (MA), em 2020. Na ocasião

21/09/2021 às 11h05
Por: Redação
Compartilhe:
Policial presa por amamentar denunciou assédio sexual e cogita deixar a PM

Presa ao se recusar a extrapolar seu horário de trabalho para poder amamentar seu filho, de 2 anos, a soldada da Polícia Militar Tatiane Alves já fez outras denúncias de irregularidades dentro da corporação. Ela expôs casos de assédio sexual e moral, mesmo com o risco de represálias, defende que a Justiça deve começar dentro de entidades como a PM, mas, lidando com problemas psicológicos associados ao trabalho, já pensa em mudar de profissão e deixar de ser policial.

O primeiro caso denunciado por ela ocorreu em Imperatriz (MA), em 2020. Na ocasião, Tatiane foi transferida de batalhão após dizer que vinha sofrendo assédio sexual e gravar um vídeo relatando o caso, que repercutiu nas redes sociais. Ela acusou um comandante de assediá-la e de impedir que a policial trabalhasse nas ruas por se recusar a ter relações sexuais com ele.

O caso ainda está em processo, e Tatiane foi denunciada por "crime militar", por supostamente manchar a imagem da corporação. Em 2021, a policial decidiu criar um perfil no Instagram para divulgar casos de abuso dentro da polícia, o @relatosdeabusomilitar.

Expor casos assim é uma consequência de anos convivendo com um ambiente que ela chama de "tóxico" na PM. Ela decidiu levar o próprio caso a público e ajudar outros militares a relatarem o que já passaram. Uma forma de encontrar a justiça que ela não vê ser feita pelos meios oferecidos na corporação.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias