Domingo, 24 de Outubro de 2021
29°

Poucas nuvens

Feira de Santana - BA

Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Comissão rejeita projeto que prevê crédito em condições favorecidas para casas noturnas

Luis Macedo/Câmara dos Deputados Alê Silva: Congresso já aprovou medidas para atenuar os efeitos da pandemia A Comissão de Desenvolvimento Econôm...

24/09/2021 às 14h10
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Alê Silva: Congresso já aprovou medidas para atenuar os efeitos da pandemia - (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
Alê Silva: Congresso já aprovou medidas para atenuar os efeitos da pandemia - (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços rejeitou proposta que prevê linhas de crédito em condições favorecidas às casas de entretenimento noturno e aos restaurantes que mantenham, durante a pandemia, pelo menos 70% do quadro de funcionários.

O Projeto de Lei 452/21 foi apresentado pelo deputado Alexandre Frota (PSDB-SP) e tem por objetivo ajudar o setor de entretenimento a retomar as atividades em meio à pandemia e evitar demissões.

A rejeição foi pedida pela deputada Alê Silva (PSL-MG), que relatou a matéria na comissão. Ela disse que o Congresso Nacional já aprovou diversas medidas voltadas para atenuar o impacto da pandemia na atividade empresarial, como em restaurantes e casas noturnas.

A deputada citou o Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda, o Programa de Suporte a Empregos (Pese) e o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).

“A despeito das boas intenções [do projeto], este tipo de medida visando a sustentação de empregos é melhor endereçada por projetos que englobem mais setores”, completou Silva.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias