domingo , junho 16 2019
Home / Destaque / Ofertas para americana que está leiloando a própria virgindade chegam a quase R$ 2 milhões

Ofertas para americana que está leiloando a própria virgindade chegam a quase R$ 2 milhões

As ofertas para uma americana que está leiloando a própria virgindade chegaram aos 800 mil dólares, ou  R$ 1, 7 milhão. Ela, que se descreve como uma estudante de medicina de 27 anos, loira e esbelta, utiliza o pseudônimo de Elizabeth Raine.

Segundo o site americano Daily News, a mulher revelou recentemente seu rosto em seu site oficial, mas o nome verdadeiro continua sendo um mistério. Anteriormente, aqueles que desejassem fazer ofertas e arrematar a virgindade da moça só tinham acesso a fotos de seu corpo, nas quais o rosto estava coberto.

As ofertas terminam nesta quarta-feira (7), às 20h de Nova York. Dessa forma, é possível que o valor final seja ainda mais alto.

A mulher possui cabelos loiros e olhos azuis, 1,78 m de altura e 59 kg, e pede para ser chamada de Liz. Ela oferece ao pretendente desconhecido um encontro sensual de 12 horas.

Com o prazo para as ofertas se esgotando, ela adicionou em seu site pessoal, além de novas fotos, alguns detalhes sobre si mesma. Ela apresenta aos interessados suas notas em biologia e engenharia, seus planos para adquirir diplomas de M.D. e Ph.D., e dados de sua vida, como o fato de ter crescido na Arábia Saudita e ter perdido a mãe aos dez anos, morta em um acidente de avião.

Em seu blog, ela escreveu: “Não, eu não sou socialmente estranha ou sem sentimentos, eu não sou gay (ainda que às vezes eu pense que isso é uma pena), e eu não quero me casar. Eu sou apenas exclusivamente eu!”.

Ela diz em seu site que quer proteger sua identidade verdadeira, que será revelada apenas ao vencedor do leilão, para que isso não afete sua vida profissional. Além disso, a moça afirma que pode provar sua virgindade por um exame físico imparcial e/ou por um teste de polígrafo (também conhecido por “detector de mentiras”).

Além disso, explica que seu ato parece correto para ela e pede que não seja julgada por céticos. E uma das razões que a levaram a leiloar a própria virgindade é o benefício financeiro.

Liz Raine diz que nunca julgou ninguém por suas atividades sexuais, exceto pedófilos e estupradores, e que entende as visões de que a prostituição é moralmente errada e deveria ser ilegal. Porém, tais pessoas não deveriam impor isso a ela.

Para a moça, a perda da virgindade é uma experiência física banal e que, idealmente, a virgindade não deveria ser orçada, embora uma mulher possa ter o direito de colocar o valor que quiser em sua virgindade. Por outro lado, meninas jovens não deveriam leiloar sua virgindade.

“Acredito que meninas jovens não têm que se meter em assuntos de vender a própria virgindade. Há alguns anos, eu mesma não estaria preparada para esta experiência. Creio que minha idade mais madura, minha educação superior e minha independência financeira são pontos cruciais para que o leilão de minha virgindade seja ok, fora o fato de que a minha virgindade é muito rara. Então, meninas, por favor: esperem uma década para tomar a decisão, ou não façam isto.”

Os detalhes do leilão são conhecidos: 35% do valor da oferta será doado a instituições de caridade que educam mulheres em países em desenvolvimento. Além disso, Liz Raine pode vetar ofertas e não necessariamente irá premiar a maior com sua virgindade se estiver preocupada com a própria segurança.