quarta-feira , outubro 23 2019
Home / Cotidiano / Paula Toller processa PT por uso indevido de música em campanha de Haddad

Paula Toller processa PT por uso indevido de música em campanha de Haddad

A vocalista do Kid Abelha, Paula Toller, cobra do Partido dos Trabalhadores (PT) uma indenização de R$ 200 mil reais pelo uso indevido de imagem e direitos autorais.

Em outubro do ano passado, durante as eleições, ela pediu que o partido retirasse de circulação todos os vídeos e peças com trechos da canção “Pintura Íntima”, que veicularam nas redes sociais de ativistas em prol do candidato Fernando Haddad (PT).

Como o pedido não foi atendido, Toller entrou no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que ordenou a retirada de qualquer material que constasse o versão de música, que tem como uma das detentoras de seus direitos autorais, a vocalista do Kid Abelha.

Agora, a artista de 56 anos move uma ação na Justiça e cobra indenização pelo uso de versos de “Pintura Íntima”. Segundo informações do Estadão, a petição cita uma das propagandas, que iniciava com Jorge Israel, um dos membros do Kid Abelha, tocando saxofone.

Em seguida, mostra Paula Toller cantando e dançando o refrão: “Fazer amor de madrugada, Amor com jeito de virada”.