quarta-feira , outubro 16 2019
Home / Destaque / Robinson vê intenção política em ação de Prisco: ‘Deputado de baixa produtividade’

Robinson vê intenção política em ação de Prisco: ‘Deputado de baixa produtividade’

O deputado estadual Robinson Almeida (PT) disse nesta quarta-feira (9) que o colega de Assembleia Legislativa, Soldado Prisco (PSDB), age politicamente ao tentar induzir policiais militares a aderirem a um movimento grevista.

“Nós já vivemos aqui uma experiência em 2012 e em 2014. A greve é o mesmo modus operandi: cerca de 300 pessoas se reúnem, decretam a greve. Aí começa a sensação de insegurança. As pessoas se amedrontam, ficam em casa. Alguns comerciantes paralisam suas atividades. É esse o ambiente do caos para a greve pegar. Este ano parece que não pegou, porque não há adesão da própria categoria nem no interior nem na capital. Como os serviços nas cidades e em Salvador em especial não paralisaram”, declarou Almeida ao bahia.ba.

Para Almeida, Prisco está isolado. “Eu fico a perguntar: se ele fosse soldado no Rio de janeiro e o Rio Grande do Sul, onde os PMs não recebem salário em dia e têm os piores salários do Brasil, o que ele faria? Certamente não faria greve, porque lá tem governador aliado de Bolsonaro, que é o presidnete dele [Prisco], e ele não faria a greve política que ele tenta fazer aqui na Bahia”, disse Almeida, que diz ver em Prisco um um deputado de “baixa produtividade”.

“Ele não tem presença nos debates da Casa. Não apresenta soluções e agendas na área de segurança. A história dele é carregada por esse movimento, que provoca o caos e, no caos, ele tenta surgir como uma força politica. Ano que vem tem eleição, e eu não posso descartar essa intençao política no movimento, porque faz parte da história do líder”, disse o petista.