Sábado, 23 de Janeiro de 2021 19:51
75 99157-0203
Internacional Acordo internacional

Trump diz que Acordo de Paris ‘mata a economia’ dos Estados Unidos

O governo do republicano anunciou a retirada do tratado em 2019, mas o presidente eleito Joe Biden já afirmou que reverterá a medida depois que tomar posse.

23/11/2020 07h38
Por: Redação
Trump diz que Acordo de Paris ‘mata a economia’ dos Estados Unidos

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou neste domingo (22), durante reunião virtual do G20, o Acordo de Paris. O governo do republicano anunciou a retirada do tratado em 2019, mas o presidente eleito Joe Biden já afirmou que reverterá a medida depois que tomar posse.

Para Trump, o acordo — que estabelece metas na redução das emissões de carbono — foi feito para “matar a economia americana”. A recusa em adotar meios de produção mais sustentáveis fez parte da campanha malsucedida do presidente em se reeleger, ao alegar que o comprometimento com medidas como o Acordo de Paris leva os EUA a perder postos de emprego.

‘Acordo de Paris foi criado para destruir economia dos EUA’, diz Trump em reunião do G20

“Para proteger os trabalhadores americanos, eu retirei os Estados Unidos do injusto e unilateral Acordo de Paris — um acordo muito injusto para os EUA”, disse Trump em declaração transmitida a partir da Casa Branca a outros líderes do G20.

Trump também alega que os EUA reduziram as emissões de dióxido de carbono mais do que outros países. Embora seja verdade nominalmente, segundo a Associated Press, a diminuição no país sequer esteve entre as 10 maiores do planeta, em termos proporcionais.

Mais de 180 países ratificaram o Acordo de Paris, cuja meta é evitar que o aumento da temperatura em 1,5°C, idealmente. Segundo cientistas, se essa alta ultrapassar 2°C, o mundo pode vivenciar aumento no nível do mar, maiores tempestades tropicais e novas enchentes e desequilíbrio climático.

Os EUA são o segundo maior emissor de gases estufa do mundo, segundo dados do observatório Climate Watch. Em primeiro lugar, está a China. Na reunião do G20, o presidente chinês, Xi Jinping, disse que o país está comprometido em neutralizar as emissões de dióxido de carbono até 2060.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Feira de Santana - BA
Atualizado às 19h47 - Fonte: Climatempo
25°
Poucas nuvens

Mín. 19° Máx. 28°

25° Sensação
18.4 km/h Vento
69.5% Umidade do ar
90% (4mm) Chance de chuva
Amanhã (24/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 29°

Sol e Chuva
Segunda (25/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 29°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias